sábado, 25 de outubro de 2014

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (25) aponta os seguintes percentuais de votos válidos na corrida para o governo do Rio Grande do Norte:
– Robinson Faria (PSD): 54%
– Henrique Eduardo Alves (PMDB): 46%
Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Cabugi. No levantamento anterior, divulgada no dia 15 de outubro, Robinson aparecia com 54%, e Henrique, com 46%. Segundo o Ibope, Robinson mantém vantagem na véspera da eleição.
Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
– Robinson Faria (PSD): 47%
– Henrique Eduardo Alves (PMDB): 40%
– Branco/nulo: 10%
– Não sabe/não respondeu: 3%
O Ibope ouviu 812 eleitores em 39 municípios do estado de 22 a 24 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte sob registro nº RN-00046/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo no BR-01174/2014.
Robinson Pires

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

robinson segurança
O último debate das eleições para o Governo do Estado no Rio Grande do Norte foi marcado pela apresentação de propostas do candidato Robinson Faria (PSD), com destaque para a área de segurança pública. “A segurança será a prioridade número 1 do nosso governo. Vamos investir 10% do orçamento na segurança pública”, destaca Robinson.
Além do investimento, Robinson falou sobre o projeto de integração das polícias militar, civil e técnica. “Vamos criar as Centrais de Polícia 24h para atender a todo tipo de ocorrência de forma rápida, com a integração das polícias militar, civil e técnica”, comenta. 
O projeto de Robinson para a segurança pública contempla ainda uma grande força tarefa envolvendo todas as áreas da administração para reduzir os índices de violência e incentivo para a inteligência e tecnologia.
Para Robinson, é preciso devolver a sensação de segurança para a população em todo o Rio Grande do Norte. “No nosso governo o cidadão não sentirá medo porque o projeto Polícia de Proximidade irá garantir policiais sempre por perto”, assegura Robinson. 
Durante o debate da Intertv Cabugi Robinson falou ainda sobre projetos de saneamento. 
“Hoje o nosso Estado tem apenas 24% de área saneada. No nosso governo vamos ampliar esse percentual e integrar as ações de saneamento básico do RN”, justifica.
Robson Pires
henrique debate
O candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, afirmou, no debate da InterTV Cabugi, realizado nesta quinta-feira (23), que o Rio Grande do Norte precisa optar pela mudança na eleição do próximo domingo para superar a crise financeira e de gestão que atravessando nos últimos anos.
“O Estado com o vice-governador e a governadora juntos está ingovernável. Saúde, segurança, educação, falta de investimentos, geração de empregos. Vamos mudar isso. 
Mas não com o vice-governador, apoiado pela governadora Rosalba, para continuar isso que aí está. Precisamos mudar com responsabilidade, com experiência, para buscar as parcerias para que esse Estado possa resolver o seu caminho”, disse Henrique Alves.
Henrique falou durante o debate de suas propostas para a área de segurança, defendendo a integração entre as polícias e a criação de um gabinete permanente, ligado diretamente ao governador, para acompanhar a evolução do combate à criminalidade. 
“Tínhamos 10 mil policiais em 2010 e hoje temos apenas oito. Vamos fazer a integração entre as polícias civil e militar junto com o Itep e o Corpo de Bombeiros e a criação de um gabinete permanente ligado ao governador. Se não for assim, não funciona”, apontou.
Robson Pires

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

José Gaspar Compressa (Foto: Katielle Mendes/Arquivo Pessoal)
José Gaspar foi internado devido às fortes dores
(Foto: Katielle Mendes/Arquivo Pessoal)

Um idoso de 62 anos teve uma compressa costurada dentro da barriga após uma cirurgia de apendicite em Araxá, no Alto Paranaíba. José Gaspar Mendes, que é deficiente auditivo, ficou 18 dias com um pano de 20 x 30 cm no abdômen. Segundo a sobrinha-neta dele, a dona de casa Katielle Aparecida Mendes, o tio fez a cirurgia no dia 2 de outubro, sentiu muitas dores durante o pós-operatório e posteriormente o médico retirou os pontos, porém não percebeu o corpo estranho dentro do idoso. O Hospital Santa Casa de Misericórdia em Araxá informou ao G1 que está analisando o caso.
A família é de Santa Julianae foi a Araxá para realizar a cirurgia. Katielle contou que sete dias após o procedimento José Gaspar chegou a ser internado devido às dores. “A cirurgia estava vazando muito. Era água com sangue. Os médicos da minha cidade disseram que não era normal, mas que não poderiam fazer nada, apenas o profissional que tinha atendido ele”, comentou.
Dois dias após ser internado, José Gaspar retornou a Araxá para retirar os pontos e fazer uma revisão. “O médico que fez a cirurgia nele retirou os pontos. Nós relatamos a dor que ele estava sentindo e sobre aquele líquido que estava vazando. Ele disse que era normal e voltamos para Santa Juliana”, contou.
Contudo, a dor que o senhor José Gaspar sentia dizia que tinha algo errado. No último domingo (19), durante um curativo, os enfermeiros que atendem o idoso viram que tinha algo saindo pelo corte, que ainda não tinha fechado. “A cirurgia foi abrindo e o pano chegou a sair uma ponta. O médico que estava no local pediu para não mexer, pois não sabia a gravidade do caso e na nossa cidade não temos estrutura para grandes procedimentos. Nós retornamos para casa e no outro dia fomos fazer uma ultrassom”, afirmou.
E foi durante este exame que ocorreu a surpresa. Segundo Katielle, durante o procedimento a compressa começou sair. “Não deu nem para fazer o ultrassom e o médico que estava atendendo terminou de retirar. Minha mãe começou a chorar de desespero, porque jamais imaginou que poderia ser um pano, pensamos que talvez seria uma gaze”, desabafou.
Compressa Idoso Araxá (Foto: Katielle Mendes/Arquivo Pessoal )Compressa saiu durante exame de ultrassom
(Foto: Katielle Mendes/Arquivo Pessoal )
O médico de Araxá foi comunicado e a família foi até a cidade vizinha. “Ele nos atendeu e explicou que poderia ter ficado junto com o dreno. Ele fez exames no meu tio e graças a Deus não teve nada, nenhuma infecção. Mas agora eu vou procurar um advogado porque queremos Justiça”, disse.
O diretor administrativo do Hospital Santa Casa de Misericórdia, Adair Silva, disse que está analisando o caso. “Há uma Comissão de Ética e uma Comissão Médica que irá analisar o caso.
Também vamos reforçar com os profissionais para redobrar a atenção dentro do centro-cirúrgico”, afirmou.
O G1 entrou em contato com o médico que realizou a cirurgia, que enviou uma nota por email. Confira abaixo a íntegra do procedimento:

"1. Em 3 de outubro de 2014, na Santa Casa de Misericórdia de Araxá, o paciente foi submetido à cirurgia de urgência para drenagem de abscesso abdominal.

2. Recebeu alta no dia 7 de outubro em boas condições clínicas, com abscesso na ferida cirúrgica.

3. Retornou em 13 de outubro, em bom estado geral, para a retirada dos pontos.

4. Posteriormente, houve contato do médico de sua cidade que relatou ocorrência de secreção purulenta na ferida operatória.

5. Foi solicitado o encaminhamento do paciente ao Hospital Casa do Caminho, em Araxá.

6. No dia 20 de outubro, o paciente que foi submetido à avaliação clínica e cirúrgica, além de exames de sangue e tomografia computadorizada.

7. O paciente ficou em observação por 48 horas sem necessidade de prescrição de qualquer medicação.

8. Como os resultados não revelaram alterações patológicas, o paciente foi liberado em 22 de outubro. Encontrava-se assintomático e foi transportado para seu domicílio em veículo normal. Não foi necessária a prescrição de medicação. Tampouco houve restrição alimentar ou de atividades da vida diária.

9. Atualmente, o paciente está em acompanhamento ambulatorial."

Do G1 Triângulo Mineiro
robinson votoHá quatro dias da eleição do segundo turno, o Instituto de Pesquisa Certus divulga pesquisa em que confirma a vitória do candidato Robinson Faria (PSD) na corrida eleitoral. A pesquisa divulgada nesta quarta-feira (22) no Blog do BG mostra que Robinson tem 51,54% dos votos e o segundo colocado Henrique Alves (PMDB) tem 48,44%. Em números absolutos, a pesquisa mostra uma vantagem de Robinson superior a 100 mil votos.
O levantamento da Certus Pesquisa e Consultoria foi feito entre 18, 19, 20 e 21 de outubro e entrevistou 1.510 eleitores em todo o RN. Para Robinson, a pesquisa retrata a vontade das pessoas que estão indo as ruas apoiar a campanha do 55. “A nossa caminhada cresce a cada dia no Rio Grande do Norte com apoio das pessoas simples, do homem do campo, do autônomo que quer ver seu Estado crescer e prosperar. É a verdade das ruas confirmando a vitória da convicção sobre a conveniência. Juntos, acreditamos em um RN melhor e vamos chegar lá!”, destaca Robinson. A pesquisa tem registro no TSE de Nº BR-01156/2014 e no TRE Nº RN-00045/2014. A Margem de erro é de 3% e o índice de confiabilidade é de 95%.
Assessoria de Comunicação de Robinson Faria

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

No ultimo dia 16 de outubro do corrente ano foi realizada coleta de água de todos os carros pipas que transportam água para o município de Sítio Novo.


A referida coleta aconteceu em frente a sede da secretária municipal de Saúde e foi realizada pelo coordenador da Vigilância Sanitária Pedro Florenço, o fiscal João Batista e o Agente de Endemias Roniérick Gomes.


Essas coletas são fundamentais, pois estaremos monitorando a qualidade da água que é servida para nossa comunidade através deste serviço. Informamos que as amostras foram encaminhadas para o LACEN (Laboratório Central) para diagnóstico.



Este é mais um trabalho da equipe da Secretaria Municipal de Saúde.
O BlogdoBG e a Certus publicam nesta quarta-feira(22) mais uma pesquisa de opinião com os cenários para o 2º turno no RN. A Certus Pesquisa e Consultoria foi as ruas entre 18, 19, 20 e 21 de outubro e entrevistou 1510 eleitores em todo o RN.
A pesquisa tem registro no TSE de Nº BR-01156/2014 e no TRE Nº RN-00045/2014. A Margem de erro é de 3% e o índice de confiabilidade é de 95%.
Vejam como ficou o cenário para o Governo do Estado já na perspectiva estimulada:
Certus-Estimulada-2-turno
O BlogdoBG e a Certus publicam nesta quarta-feira(22) mais uma pesquisa de opinião com os cenários para o 2º turno no RN. A Certus Pesquisa e Consultoria foi as ruas entre 18, 19, 20 e 21 de outubro e entrevistou 1510 eleitores em todo o RN. A pesquisa tem registro no TSE de Nº BR-01156/2014 e no TRE Nº RN-00045/2014. A Margem de erro é de 3% e o índice de confiabilidade é de 95%. Vejam como ficou o cenário para o Governo do Estado já na perspectiva dos votos validos:

Certus-Validos1
O juiz Flávio Ricardo Pires de Amorim, da Comarca de Tangará, determinou que o Estado do Rio Grande do Norte, realize, no prazo de 180 dias, o remanejamento de policiais militares para os municípios que integram aquela Comarca, de modo a assegurar, no mínimo, 26 PMs em Boa Saúde, 16 em Senador Elói de Souza, 25 em Serra Caiada, 14 em Sítio Novo e 40 policiais em Tangará, sob pena de multa diária, no valor de mil reais, limitada ao total de R$ 50 mil. 

O Ministério Público Estadual ajuizou Ação Civil Pública visando promover o remanejamento do contingente efetivo de policiais do 2º Pelotão da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (4º CIPM), que inclui os Municípios de Tangará, Serra Caiada, Sítio Novo, Senador Elói de Souza e Boa Saúde, mantendo-se a quantidade mínima de 105 policiais militares. 

O Estado do Rio Grande do Norte, alegou a impossibilidade do deferimento de medida liminar contra a Fazenda Pública, sob pena de violação às disposições da Lei nº 9.494/97, e consequentemente ao Princípio da Legalidade. Além disso, não poderia atender à liminar por estar o Estado no limite prudencial de despesas com pessoal, sob pena de ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). 

Obrigação legalmente imposta
Quando julgou a demanda, o magistrado observou que a ação trata da responsabilidade do Estado em prover a segurança das populações dos Municípios que são termos daquela Comarca, através de aumento do efetivo da Polícia Militar, matéria que se encontra delineada na Constituição Federal, em seu art.144 inciso V. 

Flávio Pires de Amorim entendeu que no caso, o Ministério Público conseguiu demonstrar, através dos dados anexados ao Inquérito Civil nº 069/2013, que houve um aumento de 375 % no número de homicídios cometidos nos Municípios que fazem parte da Comarca de Tangará. Para o juiz, ficou devidamente demonstrado o aumento dos índices de violência e criminalidade na Comarca. E, conforme os dados anexados aos autos (fornecidos pela própria Secretaria de Segurança do Estado), há clara desproporção de policiais militares quando se compara os números dos municípios que integram a Comarca de Tangará com a média estadual. 

Ele explicou que o deferimento do remanejamento de policiais militares não afronta o princípio constitucional da Separação de Poderes, na medida em que diante da ausência de um comportamento ideal por parte do Administrador, o Judiciário estará apenas exigindo o cumprimento das obrigações que lhe foram legalmente impostas, seja pela Constituição, seja pela legislação infraconstitucional. 

Também entendeu que não há de se falar em desrespeito ao limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, uma vez que a tutela pretendida pelo Ministério Público não visa a contratação de policiais ou mesmo outra medida que irá atingir as contas públicas. “Quer somente a realocação dos agentes que já constam do quadro da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, o que não irá onerar os cofres públicos”, comentou o magistrado.

Blog do Eduardo Dantas

Um carro tipo Combi, cor branca, acabou pegando fogo na RN 093, próximo a Tangará. 

Segundo informações o incêndio aconteceu por volta das 12:00 desta manhã de quarta- feira. O carro começou a dar problemas logo na subida depois da ponte, perdendo potência e dando uns estouros. 


Proprietário do veículo 

O proprietário identificado por Thiago Wagner de Oliveira, residente na cidade de São José do Campestre relatou ainda que tinha acabado de comprar esse veículo  na cidade de Tangará, do tangaraense conhecido por Gil da sucata. O comprador estava levando o carro para a cidade de São José do Campestre, pois o mesmo pretendia montar um carro de propaganda volante. 


*Com Informações do Blog Robson Freitas
Os motoristas que costumam abusar  estão com os dias contados, pelo menos no que depender das mudanças no Código Brasileiro de Trânsito, que muda a partir de novembro. Com as alterações, vão aumentar o risco de prisão e o valor das multas para os infratores.

Essa lei federal, que alterou 11 artigos do Código, faz parte do pacote de mudanças legislativas propostas pela Polícia Rodoviária Federal para diminuir as mortes no trânsito em 50% até 2020.

E, na prática, isso quer dizer que algumas multas ficam até dez vezes mais caras, como as infrações por ultrapassar na faixa contínua em pontes, viadutos ou pela direita, usando o acostamento. Elas vão passar dos atuais R$ 191,00  para R$ 957,00.

Já a chamada ultrapassagem forçada é a que mais vai pesar no bolso do motorista irresponsável. O valor será de R$ 1.915,00.

A legislação também ficará mais rigorosa para os crimes de trânsito. Hoje, quem é flagrado dirigindo embriagado e machucar ou matar alguém cumpre pena em regime aberto ou semi-aberto. Com a nova lei, esse motorista que bebeu pode cumprir pena sem deixar a prisão.


Também vai ser preso quem beber, fizer racha e ferir alguém: pena de três a seis anos. Quem participa de rachas hoje paga R$ 575,00. Já a partir de novembro, a multa passará para R$ 1.915,00.

O Paralelo
A matéria do Valor Econômico cita o Vice-governador Robinson Faria (PSD) entre os vencedores da disputa eleitoral que se encerrará no próximo domingo (26). 

“Apenas três viradas se desenham no segundo turno das eleições estaduais, segundo as pesquisas divulgadas pelo Ibope e pelo Datafolha desde o dia 16. Todas estão relacionadas com a eleição presidencial. 

No Nordeste, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), já aparece à frente do tucano Cássio Cunha Lima e o vice-governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), está na dianteira em relação ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB)”, diz trecho da reportagem. 

O Paralelo

Na manhã desta terça feira (21-10-2014), os ACE e ACS de Santa Cruz, em greve há 14 dias, se reuniram para avaliar a proposta da Prefeitura encaminhada ao Sindicato na tarde de ontem e em respeito à população de santa cruz resolveram suspender a greve até a votação do piso na câmara, o que deve ocorrer em no máximo 15 dias. A Prefeitura propôs o pagamento do piso salarial de R$ 1.014,00 nos vencimentos de novembro, retroativo a julho de 2014. Pela proposta, o retroativo será pago em 8 vezes a partir de janeiro de 2015, mas a categoria não aceitou parcelar em 8 vezes.

Em relação aos fardamentos e calçados, a Prefeitura solicitou que o SINDAS informe a data do pregão dos fardamentos de Natal para aderir a compra. Após a assembleia, protocolamos na Prefeitura a resposta final da categoria, que foi de aceitar o pagamento do piso a partir de novembro de 2014, mediante pagamento do retroativo de julho, agosto, setembro e outubro, em cinco vezes iguais de R$ 232,00. Outra condição da categoria para suspender a greve, foi de que o projeto de lei do piso, a ser enviado à Câmara Municipal de Vereadores, seja a minuta que o SINDAS propôs, pois assegura o cumprimento do que foi proposto pela Prefeitura e assegura a todos nós que não teremos surpresas. Agora é aguardar a Prefeitura enviar o projeto de lei para Câmara e marcar uma reunião para discutir os demais itens de pauta que não foram atendidos. Esperamos que a Prefeita encaminhe o que a categoria propôs e não permita que a categoria retome a greve, afinal os agentes fizeram sua parte e deram esse voto de confiança a gestão, ou seja, aguardaram o término das negociações trabalhando em respeito a população de Santa Cruz. 

Por Cosmo Mariz
robinson sergio
O prefeito do município de Carnaúba dos Dantas, Sérgio Eduardo (PSB), confirmou, em São Gonçalo do Amarante, o seu apoio à candidatura de Robinson Faria (PSD) ao governo do estado. A adesão foi acompanhada pela vereadora Marli Medeiros (PSB) e pelo suplente de vereador Marcos Antônio Dantas (PR).
No primeiro turno Sérgio votou em Henrique Alves (PMDB) e agora reforça o palanque de Robinson Faria no segundo turno, que já conta com os apoios desde o primeiro turno da atual vice-prefeita Nana (PSD), ex-prefeito Paulo Medeiros (PSD) e os vereadores Hemerson (PSD) e Pepeto (PSD).
Robson Faria
Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (22) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:
- Dilma Rousseff (PT): 52%
- Aécio Neves (PSDB): 48%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Pesquisa Datafolha para presidente de 22-10 (Foto: Editoria de Arte/G1)
A pesquisa foi encomendada pelo jornal "Folha de S.Paulo".
De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 20, o resultado foi o mesmo: Dilma tinha 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos.
Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

- Dilma Rousseff (PT): 47%
- Aécio Neves (PSDB): 43%
- Em branco/nulo/nenhum: 6%
- Não sabe: 4%

Segundo o Datafolha, 82% dos eleitores de Dilma acham que a presidente será reeleita. 
Entre os eleitores de Aécio, 78% acham que o tucano será o vencedor neste segundo turno.
Segmentos sociais
Nos segmentos sociais, a pesquisa confirma avanços da petista entre as mulheres, que tem a preferência de 47%; e no grupo das pessoas que recebem entre dois e cinco salários mínimos, com 45% de preferência.

No Sudeste, Dilma tem a preferência de 40% dos eleitores entrevistados.
O instituto ainda perguntou se o eleitor tem grande interesse pela eleição e 50% responderam sim, contra 39% do registrado no fim de agosto.
Economia
O Datafolha detectou que os eleitores não estão mais tão pessimistas com a economia do país e que esse sentimento ajuda a explicar a reação de Dilma na corrida presidencial neste segundo turno.

De acordo com a pesquisa, 31% acham que a inflação vai aumentar -  esse índice é inferior aos registrados em setembro, de 50%, e em abril, de 64% -; 35% disseram que a inflação ficará como está; e para 21% dos entrevistados, a inflação vai diminuir.
Com relação ao desemprego, 33% acham que vai ficar estável; 31%, reduzir; e 26%, aumentar. E ainda: 44% responderam que a economia do país vai melhorar; 33%, que vai ficar como está; e 15%, piorar.
Agressividade
O Datafolha também perguntou ao eleitor sobre a agressividade na campanha eleitoral: 71% criticaram a agressidade. Para 36% dos eleitores, Aécio é o mais agressivo neste segundo turno. 24% acham que Dilma é a mais agressiva.

O Datafolha ouviu 4.355 eleitores no dia 21 de outubro em 256 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01160/2014.
Do G1, em São Paulo